Publicidade

Clique para divulgar
outros desaparecidos

Política


Imagem da Notícia
A Petrobras aumentou Da redação Worldwide por Sérgio Coutiy - A Petr

Imagem da Notícia
Em audiência públi Da redação Worldwide por Sérgio Coutiy - Em aud

Imagem da Notícia
Para assegurar que d Da redação Worldwide por Sérgio Coutiy - Para a

Imagem da Notícia
Artista do Brasil se Da redação Worldwide por Sérgio Coutiy - Artist

Imagem da Notícia
O deputado Carlos Ma Da redação Worldwide por Sérgio Coutiy - O depu

Imagem da Notícia
Quantos dias serão Da redação Worldwide por Sérgio Coutiy - Quanto

Imagem da Notícia
Na sexta-feira 28/04 Da redação Worldwide por Sérgio Coutiy - Na sex

Imagem da Notícia
Confusão no congres Da redação Worldwide por Sérgio Coutiy - Conf

Imagem da Notícia
Michel Temer faz dec Da redação Worldwide por Sérgio Coutiy - Michel

Tribunal Superior Eleitoral (TSE); De protagonista no desenvolvimento político e social do Brasil para a vergonha nacional.


Hoje Domingo, 17 de Dezembro de 2017, boa tarde!

Juntamente com o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB).

Sobre Brasil Publicada: 11/06/2017 as 23:07:18

Amizade antiga entre os poderes.

Da redação Worldwide por Sérgio Coutiy - Tribunal Superior Eleitoral (TSE); De protagonista no desenvolvimento político e social do Brasil para a vergonha nacional. Juntamente com o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB).
Que fundado oficialmente em 1980, o Partido do Movimento Democrático Brasileiro surgiu a partir do MDB (Movimento Democrático Brasileiro), partido de oposição à ditadura militar, regime que instituiu o bipartidarismo no país em 1966. O PMDB comemorou, portanto, 50 anos de existência em 2016, considerando a data de fundação do MDB.
Porem, os questionamentos do MDB na época, geravam desconfiança, e oposicionista afirmavam que este partido era presidido pelos próprios Militares Do Brasil (MDB). Desconfiança gerada não só pela sigla, mas sim, pelos projetos apresentados para discussão e votação que na época beneficiava o próprio regime militar.
O que era fácil de perceber, pois com maioria na Câmara, o partido emplacou vitórias legislativas importantes nos anos seguintes, como por exemplo, nada mais nada menos que a Lei de Anistia (1979) que claro trouxe de volta refugiados brasileiros, mas que em contra partida exonerava a responsabilidades do regime pelos crimes cometidos. As bandeiras originais ligadas ao PMDB foram as “Diretas-Já”, movimento que defendia as eleições gerais após 20 anos de ditadura, e a defesa da volta à democracia de maneira ampla. Entre 1983 e 1984, diversos políticos do PMDB foram protagonistas das manifestações a favor das eleições diretas à Presidência da República, com forte apoio popular.
E mesmo assim permaneceu o boato, de que o PMDB na verdade foi criado pelos controladores do regime militar, sendo assim, uma extensão do “Poder Militar Do Brasil (PMDB)”.
Pois se isto fosse verdade, a ação dos militares de se infiltrar na democracia se politizando, foi de uma inteligência fenomenal. Coisa que não podemos atribuir a nenhum dos poderes da Republica.
No entanto nem mesmo estes boatos causaram tanto constrangimento aos partidários do PMDB como agora. E que se agrava com os escândalos políticos, tratados com indiferença pela cúpula do partido.
Porem simpatizantes se demonstram constrangidos em se declarar que apóia ou apoiou o PMDB em eleições anteriores.
Mas vale lembrar que no momento todos os partidos estão sujos, e talvez não exista político ou partido que não tenha se corrompido.
E a vergonha do país que se continha no executivo e no legislativo, agora se estende entre os poderes e desgraça também a justiça. Obviamente que existe exceção, mas existe um ditado popular que diz que uma fruta podre num galho seco apodrece um pomar.
Já o Ministro Gilmar Mendes não acredita em ditado popular, Michel Temer agradece e Rodrigo Maia comemora, dizem que é o aniversário, apenas um jantar nada mais.
A minha indignação se estende agora também a injusta justiça. E por isso me reservo o direito de questionar, com a seguinte pergunta:
De quem seria o crime maior?
O do individuo que rouba um pão por necessidade, o do individuo que rouba o pão do necessitado, ou o do individuo que julga o ato de roubar comendo do pão?
Se justa fosse a justiça não existiria crime menor, e o crime seria sujeito a condenação.
E se contradiz a justiça, quando dita a condenação de Michel Temer, que foi comemorar com esposa e amigos. E para mim não faz diferença se comemora o aniversário de um amigo ou a noite do pijama! E a única comemoração aceitável, seria a que lhe impunha dignidade. Mas nessa festa ele não foi convidado.


Veja mais: Worldwide

Publicada: 11/06/2017 as 23:07:18

Você pode comentar. Ainda não existe comentário para está notícia.


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Fique a vontade para comentar.Veja Diretrises de privacidade!

Deixe seu comentário sobre o assunto!