Clique para divulgar
outros desaparecidos

Welcome


United States

 Bandeira em

Economia


Imagem da Notícia
Manifestantes se pre Da redação Worldwide por Sérgio Coutiy - Manife

Imagem da Notícia
O dólar australiano O dólar australiano atingiu quase duas semanas de

Imagem da Notícia
Os preços do petró Por Henning Gloystein CINGAPURA (Reuters) - Os

Imagem da Notícia
Dólar encerra em R$ O dólar fechou em queda de 1 por cento ante o rea

Imagem da Notícia
Economistas elevam p SÃO PAULO - Economistas de instituições finance

Imagem da Notícia
Previsão para câmb Depois do dólar em queda na semana passada, as pr

Imagem da Notícia
Superávit primário O superávit primário do governo central (Tesouro

Imagem da Notícia
Brasil compra mais d A balança comercial, diferença entre exportaçõ

Imagem da Notícia
Brasil pode perder p A previsão de um crescimento baixo em 2015 pode

Petrobras divulga balanço e perda com corrupção chega a R$ 6 bilhões

redacao@worldwide.com.br
Hoje Domingo, 21 de Janeiro de 2018, bom dia!

Petrobras publicou balanços do 3º trimestre de 2014 e todo o ano passado. Perdas estimadas com corrupção e má gestão chegam a R$ 55,8 bilhões.

Sobre Brasil Publicada: 23/04/2015 as 01:49:47

Comissão com diretor e auditores
da Petrobras

Depois de perder valor no mercado, capacidade de investimento, de reduzir os planos de negócios e admitir que foi roubada desde 2004, a Petrobras publicou na quarta-feira (22) os balanços do terceiro trimestre de 2014 e do ano passado completo.
A empresa também fez a conta que investidores, fornecedores e analistas tanto queriam: estimou em R$ 50,8 bilhões as perdas com corrupção e má gestão nos últimos anos.
A divulgação aconteceu no começo da noite. A companhia registrou no ano passado um prejuízo de R$ 21,587 bilhões. É o primeiro resultado negativo desde 1991, segundo a consultoria Economática.
O balanço foi aprovado por auditores externos e inclui as perdas com a corrupção que, segundo a Petrobras, foram de mais de R$ 6 bilhões.
Além dos prejuízos causados pela corrupção, o presidente da Petrobras, Aldemir Bendine, reconheceu que problemas de gestão e falhas de planejamento também contribuíram para a enorme desvalorização de grandes projetos da empresa.
A empresa perdeu R$ 44,5 bilhões no valor de seus investimentos. Desse total, quase R$ 31 bilhões em consequência do cancelamento de parte dos projetos nas refinarias Abreu e Lima, em Pernambuco, e Comperj, no Rio de Janeiro.
O balanço anual saiu com atraso porque os auditores se recusaram a assinar as contas do terceiro trimestre sem os cálculos dos prejuízos com esquema de lavagem de dinheiro e evasão de divisas investigado pela Operação Lava Jato.
Um atraso ainda maior poderia obrigar a Petrobras a pagar antecipadamente a credores cerca de US$ 110 bilhões que a empresa tem em dívidas, nos cálculos da agência de risco Moody s.
Para o presidente da Petrobras, Aldemir Bendine, o anúncio de quarta (22) representa uma nova fase da companhia.
Estamos dando um passo fundamental em direção ao pleno resgate da credibilidade da Petrobras junto aos seus acionistas, fornecedores, ao mercado, e a sociedade. E estamos passando a limpo os erros cometidos no trato com os recursos da companhia para podermos lidar com o mercado, da transparência que este exige e merece receber, declara Bendine.
O especialista em energia Adriano Pires diz que os números divulgados já eram esperados pelo mercado.
Eu acho que o balanço apresentado hoje traz de maneira bem transparente o estrago brutal que foi feito na empresa. Está apresentando um prejuizo em 2014, que foi o equivalente ao lucro em 2013, diz Adriano Pires, diretor do Centro Brasileiro de Infra Estrutura.


Veja mais: G1

Publicada: 23/04/2015 as 01:49:47

Você pode comentar. Ainda não existe comentário para está notícia.


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Fique a vontade para comentar.Veja Diretrises de privacidade!

Deixe seu comentário sobre o assunto!