Publicidade

Clique para divulgar
outros desaparecidos

Luto


Imagem da Notícia
Japão marca 70 anos Eventos em memoriais ​​foram realizada

Imagem da Notícia
Homenagem ao amigo d Da redação Worldwide por Sérgio Coutiy - Para q

Imagem da Notícia
A literatura brasile RIO -- Escritores, músicos, políticos, atores e

Imagem da Notícia
Petista de 63 anos e O ex-ministro do governo Luiz Inácio Lula da Silv

Imagem da Notícia
Câncer vence a luta O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, morreu na

Imagem da Notícia
Velório de Niemeyer A assessoria da Presidência da República informo

Imagem da Notícia
Morreu Norodom Sihan O antigo rei do Camboja, Norodom Sihanouk, morreu

Imagem da Notícia
O mundo se despede A Neil Armstrong, o primeiro homem a pisar na Lua du

Nossas sinceras condolências ao povo africano em despedida a Nelson Rolihlahla Mandela.

redacao@worldwide.com.br
Hoje Domingo, 21 de Janeiro de 2018, bom dia!

Nelson Rolihlahla Mandela de 18 de julho de 1918 a 5 de dezembro de 2013) Advogado, ex-líder rebelde

Sobre Africa do Sul Publicada: 08/12/2013 as 21:46:53

A educação é a arma mais
poderosa que você pode usar para
mudar o mundo.

Da redação Worldwide por Sérgio Coutiy - Nelson Rolihlahla Mandela de 18 de julho de 1918 a 5 de dezembro de 2013) Advogado, ex-líder rebelde e ex-presidente da África do Sul de 1994 a 1999, considerado como o mais importante líder da África Negra, ganhador do Prêmio Nobel da Paz de 1993, e Pai da Pátria da moderna nação sul-africana.
Até 2009 havia dedicado 67 anos de sua vida a serviço da humanidade - como advogado dos direitos humanos e prisioneiro de consciência, até tornar-se o primeiro presidente da África do Sul livre, razão pela qual em sua homenagem a ONU instituiu o Dia Internacional Nelson Mandela no dia de seu nascimento, como forma de valorizar em todo o mundo a luta pela liberdade, pela justiça e pela democracia.

Nascido numa família de nobreza tribal, numa pequena aldeia do interior aonde possivelmente viria a ocupar cargo de chefia, abandonou este destino aos 23 anos ao seguir para a capital Joanesburgo e iniciar atuação política. Passando do interior rural para uma vida rebelde na faculdade, transformou-se em jovem advogado na capital e líder da resistência não-violenta da juventude em luta, acabando como réu em um infame julgamento por traição, foragido da polícia e o prisioneiro mais famoso do mundo, após o qual veio a se tornar o político mais galardoado em vida, responsável pela refundação de seu país - em moldes de aceitar uma sociedade multiétnica.

Criticado muitas vezes por ser um pouco egocêntrico e por seu governo ter sido amigo de ditadores que foram simpáticos ao Congresso Nacional Africano, a figura do ser humano que enfrentou dramas pessoais e permaneceu fiel ao dever de conduzir seu país, suprimiu todos os aspectos negativos.
Foi o mais poderoso símbolo da luta contra o regime segregacionista do Apartheid, sistema racista oficializado em 1948, e modelo mundial de resistência. No dizer de Ali Abdessalam Treki, eis Presidente da Assembléia Geral das Nações Unidas, "um dos maiores líderes morais e políticos de nosso tempo".

Nelson Mandela é como nós o conhecemos, enfrentou nos últimos anos, muitos problemas de saúde, parte por sua idade e em outras pelo sofrimento que viveu no tempo de prisão.

Ao todo, Mandela ficou preso durante 27 anos - passou mais 6 anos e 9 meses em uma prisão no subúrbio da Cidade do Cabo, até dezembro de 1988, e pouco mais de dois anos na prisão Victor Verster, entre as cidades de Paarl e Franschhoek.

Em 1985, Mandela passou por uma cirurgia de próstata, quando ainda estava preso, e é internado com tuberculose em 1988. Em 2001, foi diagnosticado com câncer de próstata e hospitalizado por problemas respiratórios, sendo liberado dois dias depois.
No dia 11 de fevereiro de 1990, o líder sul-africano foi solto e, em um evento transmitido mundialmente, disse que continuaria lutando pela igualdade racial no país. Em 1993, ganhou o Prêmio Nobel da Paz. No ano seguinte, foi eleito o primeiro presidente negro da África do Sul, nas primeiras eleições multirraciais do país.

Mandela agora descansa, pois cumpriu sua trajetória de vida, lutou pelos ideais de sua nação e talvez o único líder mundial a merecer o status de líder.
Aos nossos irmãos africanos, nossas sinceras condolências, pois eis que Nelson Mandela para sempre será um ícone em nossa memória de coragem luta e perseverança.

Um adeus a Nelson Rolihlahla Mandela.


Veja mais: Worldwide

Publicada: 08/12/2013 as 21:46:53

Você pode comentar. Ainda não existe comentário para está notícia.


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Fique a vontade para comentar.Veja Diretrises de privacidade!

Deixe seu comentário sobre o assunto!