Clique para divulgar
outros desaparecidos

Policiais


Imagem da Notícia
O que mais preocupa Da redação Worldwide por Sérgio Coutiy - Os pr

Imagem da Notícia
Funcionários da FIF por JONATHAN DIENST , M. ALEX JOHNSON e ANDY ECKAR

Imagem da Notícia
Gerente passou a noi O gerente do Banco do Brasil de Caetité, cidade l

Imagem da Notícia
Detidas 23 pessoas p Por volta de 23 pessoas foram detidas desde terça

Imagem da Notícia
Berlusconi é conden AFP. ROMA -- O ex-chefe do governo italiano Silvio

Imagem da Notícia
Após nove horas de São Paulo - Fernando Gouveia se entregou à pol

Imagem da Notícia
Espanha desmantela r A polícia espanhola deteve 60 pessoas numa opera

Imagem da Notícia
Imagens mostram ladr Imagens gravadas por um morador pelo celular mostr

Imagem da Notícia
Rússia confirma pen Um tribunal libertou uma das cantoras do grupo pun

PM negocia rendição de suspeito de balear três no Centro de SP

redacao@worldwide.com.br
Hoje Domingo, 21 de Janeiro de 2018, bom dia!

Ocorrência aconteceu na Rua Castro Alves, na Liberdade. Corpo de Bombeiros e Gate foram acionados.

Sobre Brasil Publicada: 18/10/2012 as 11:23:37

Imagem sem descrição

A Polícia Militar negociava a rendição de um homem suspeito de balear três pessoas em uma casa na Rua Castro Alves, na Liberdade, no Centro de São Paulo, por volta das 11h10 desta quinta-feira (18). Segundo a sala de imprensa da PM, o homem teria feito os disparos por volta das 8h30.
O Corpo de Bombeiros foi acionado. Segundo a corporação, porém, as vítimas foram socorridas pela própria Polícia Militar.
Segundo a PM, o suspeito tem problemas mentais. De acordo com o Globo Notícia, os baleados são uma psicóloga, um oficial da Justiça e um enfermeiro. As vítimas foram ao local para interná-lo e foram recebidas a balas.

Segundo a Secretaria Muncipal de Saúde, as três vítimas foram levadas ao Pronto-Socorro do Hospital Vergueiro e devem passar por procedimentos cirúrgicos. O estado de saúde do enfermeiro, de 37 anos, da assistente social, de 45 anos, e do oficial de Justiça, de 49 anos, era considerado estável.
À Globo News, o tenente Eduardo, da Polícia Militar, informou que um homem do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), da PM, negociava com o atirador pelo telefone celular da mãe do suspeito. O Gate isolou a área.
Ainda de acordo com a Globo News, o suspeito sofre de esquizofrenia, tem 32 anos e possui várias armas em casa. Uma ambulância do Samu e outra dos bombeiros estão de plantão no local.

Segundo o tenente coronel Marcelo Pignatari, as conversas são interrompidas constantemente porque o atirador desliga o celular. O suspeito lê ao telefone trechos de uma petição judicial para interná-lo e demonstra revolta, segundo o policial. Gouveia contou à polícia que está ferido no braço e na cabeça "Provavelmente ele se feriu quando entrou em luta corporal com uma das pessoas que foram cumprir o mandado judicial", disse Pignatari.
Pedido de interdição
De acordo com pessoas ligadas à família do atirador, ele tem 33 anos, não trabalhava e tinha esquizofrenia, constatada em laudo médico. Ele estava hospedado na casa da psicóloga baleada - não há informações sobre a ligação dela com o suspeito.
A família havia entrado recentemente com um pedido de interdição, como medida protetiva para avaliação e internação. Um advogado da família acompanhou a chegada de equipe formada por um oficial de Justiça e três enfermeiros.


Veja mais: G1

Publicada: 18/10/2012 as 11:23:37

Você pode comentar. Ainda não existe comentário para está notícia.


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Fique a vontade para comentar.Veja Diretrises de privacidade!

Deixe seu comentário sobre o assunto!